A evolução na moda gestante

moda-gestante-agestante-blog

 

Nestes últimos cinquenta anos, a mulher vem ultrapassando barreiras conquistando igualdade de direitos e força no mercado de trabalho, tornando-se mais exigente nas suas escolhas. E estas exigências vem se refletindo também em seu modo de vestir, particularmente no período gestacional, não se contentando em usar apenas uma roupa confortável, mas sim em sentir-se bem com sua aparência.

Com esta mudança de comportamento a moda gestante tem evoluído. Pois é cada vez maior o número de mulheres que participam ativamente do mercado de trabalho, e para isso precisam de roupas adequadas ao seu dia a dia.

A moda gestante é um estilo especializado, confeccionado pensado nas mulheres grávidas em sua essência e na sua necessidade de adquirir principalmente roupas confortáveis, e também dentro dos padrões de beleza momentaneamente estipulados no mundo da moda.

Este novo pensamento tem movimentado a área da indústria de vestuário, apresentado grandes investimentos nas áreas de criações, estilizações e confecções para a gestante.

A mulher quando gestante continua a apresentar todas as necessidades pessoais de beleza, e merece uma linha de roupas estilizadas e planejadas para essa fase tão delicada e bonita de suas vidas.

Ao escolher a sua roupa a gestante deve levar em consideração o principal item, se a peça que esta comprando é atual, com isto, a mulher conseguirá se manter na moda e de modo elegante, mesmo com a barriga crescendo e com o corpo mudando, não significando portanto, que as roupas sejam muito maiores do que os modelos tradicionais, valendo relembrar que há alguns anos, quando a mulher engravidava tinha que vestir-se de acordo com peças que visavam garantir o conforto, sem preocupação com a estética, isso acabou por criar uma imagem preconceituosa, que ainda é partilhada por algumas mulheres, alegando que a moda gestante não é uma moda bonita, e que uma mulher que se veste assim não fica elegante, mas os tempos mudaram, e a modernidade tratou de modificar este conceito, pois a moda gestante evoluiu bastante, acompanhando todas as tendências do mundo fashion, onde as peças apresentam um corte mais adequado ao formato da silhueta da mulher no período de gestação, acompanhando assim as tendências mundiais da moda. caminhando lado a lado com a moda convencional, pegando emprestadas algumas tendências, e lançando as suas próprias.

Essa evolução na moda gestante acompanhou a evolução da própria mulher brasileira, que hoje é mais moderna, mais atual, mais independente e está muito mais antenada com as tendências da moda, procurando roupas que a deixem mais elegante em todos os momentos de sua vida, inclusive durante a gestação, que é onde a sua feminilidade se manifesta da maneira mais forte e bonita.

O que se espera com esta evolução da moda gestante é que seja bem recebida pelas mulheres brasileiras, já que com ela, o mito de que mulher grávida se veste mal e apenas usando peças confortáveis passe a ser considerado apenas um mito.

Algumas dicas básicas podem ser seguidas para uma boa compra, tais como: no início da gravidez você não precisa se preocupar em comprar roupas novas ou ajustar as suas antigas, até o quinto mês a barriga ainda não fica tão grande a ponto de pedir um novo guarda roupa.

A partir do sétimo mês a barriga cresce bastante, assim como o quadril também, neste momento vale a pena investir em algumas peças novas como calças com o cós elástico, blusas mais soltinhas, shorts, bermudas e principalmente vestidos eles são confortáveis, femininos e valorizam suas curvas, abuse de todos que você tiver no armário, seja durante o verão ou inverno, sendo os melhores de cintura marcada e soltinhos, e abuse dos acessórios, brincos, colares e cintos.

Na hora de comprar roupas para a gravidez, sempre considere a possibilidade de usar os itens depois de seu bebê nascer, principalmente peças que facilitam a amamentação, pois conforto e comodidade são fundamentais.
E independente do estágio da gravidez, invista no seu bem-estar e autoestima, cuidando do corpo, da pele, dos cabelos. Ter estilo não é só vestir-se bem!

Leia Mais

64906e0930ff3a7da82bf7aac0cc9be5

O equilíbrio (inexistente) durante a gravidez!

64906e0930ff3a7da82bf7aac0cc9be5

Toda aquela graça e agilidade de andar que te acompanharam durante toda a vida, infelizmente não farão parte da sua gravidez.

O auge da falta de equilíbrio normalmente se apresenta no último trimestre da gestação, mas muitas mulheres enfrentam problemas desde o primeiro trimestre.

Antes de se culpar pela falta de mobilidade e pelos esbarrões que antes não aconteciam, lembre-se de que você está carregando um peso muito maior, seu centro de gravidade se alterou devido ao aumento do útero e todas as articulações  do seu corpo estão “frouxas” devido aos hormônios.

O importante nesta fase é ficar atenta, evitar passar por lugares que possam oferecer perigo e ter atenção redobrada para não cair, esbarra de barriga em alguma quina e assim por diante.

Cuidado com escadas, degraus, calçadas mau cuidadas e lugares com elevações ou pisos molhados e escorregadios. Você não possui mais o mesmo equilíbrio, por isso será bem mais difícil se proteger se uma queda acontecer.

Não se desespere, pois a falta de equilíbrio e coordenação motora passa logo que o bebê chega.

 

Leia Mais