123

Posso mexer no umbigo do meu filho?


Não só pode como deve. Ignore qualquer um que fale o contrário. Com o tempo, essa cartilagem vai secar e cair. Mas é preciso limpá-la para evitar contaminações. E isso não causa dor na criança. Portanto, faça o curativo sempre, de preferência após o banho. Sair sangue também é comum, não se preocupe. Use cotonete com álcool 70%, contornando o umbigo com delicadeza e sempre em um único sentido – no sentido horário, por exemplo. Ele vai cair entre sete e 14 dias.

Leia Mais

124

O que um berço precisa ter ?

O berço do seu bebê tem de ser bonito e combinar com o quarto, mas também precisa garantir conforto e segurança. Por isso, é sempre bom checar se o que você escolheu tem o selo do Inmetro, que garante que ele segue as regras de segurança da ABNT.
Veja algumas dica:
  • As grades não devem ter vãos com mais de 6 cm,para evitar bracinhos e perninhas presos.
  • O colchão deve ser firme e estar bem preso, com não mais que dois dedos de espaço entre berço e colchão. Se o móvel tiver rodinhas móveis pelo menos duas devem ter travamento.
  • Procure um modelo que possibilite ir abaixando o estrado à medida que o bebê cresce. Segundo a ONG Criança segura, uma boa medida é manter a grade na altura do pescoço do criança em pé.
  • A tinta deve ser atóxica – bebês gostam de sentir tudo com a boca e,ao morder o berço tiver o selo do Inmetro, a qualidade da tinta está garantida.

Leia Mais

125

15. E se meu leite for fraco?

Não existe leite fraco ou forte. A mãe produz todos os nutrientes necessários para seu filho. O que acontece é que a composição do líquido varia. Assim, as quantidades de proteínas e gorduras mudam de uma mamada para outra ou até durante uma mesma mamada. Por isso, é fundamental que o pequeno esvazie os dois peitos por completo – e que você esteja a postos para oferecê-los sempre que ele quiser. Além de ter a certeza de que a criança está bem nutrida, isso vai ajudar você a voltar à forma mais rapidamente. É que o hormônio responsável pela reposição de leite é o mesmo que estimula a contração do abdômen.

Leia Mais

27

Dica para o recém-nascido entender mais rapido a diferença entre dia e noite, e fazer você perder menos noites de sono

Desde que o bebê nasce, é bom já ir sinalizando para ele a diferença entre o dia e a noite, para criar bons hábitos de sono.
De dia,mesmo que ele esteja dormindo, deixe janelas abertas, o quarto iluminado e não o proteja dos barulhos normais da casa.
Depois do pôr-do-sol, tudo muda: procure deixar o ambiente tranquilo,falar baixo e, mesmo na hora de mamar e trocar fraldas, não acender todas as luzes para não despertá-lo totalmente.
Para não ficar tateando na escuridão, você pode instalar um dimmer (modulador de luz) no interuptor do quarto ou usar luzinhas noturnas, de baixa voltagem.
Algumas ainda combinam com a decoração e,mais tarde, ajudam os pequenos na fase do medo de “mostro embaixo da cama”.

Leia Mais

16

14. Será que ele tem refluxo?

O refluxo é a exceção, e não a regra. Ele só se caracteriza quando a criança perde peso mesmo mamando. Daí a importância do acompanhamento médico. Mas a regurgitação é normal. É um fenômeno que acontece por causa da imaturidade da válvula que controla a passagem do leite no esôfago. Ou, então, porque o bebê mamou mais leite do que seu estômago comporta. Seja como for, não se desespere cada vez que o líquido voltar. Procure apenas fazê-lo arrotar após as mamadas e, se ele é desses que expelem golfadas em forma de jatos, procure inclinar a base do berço.

Leia Mais

17

13. Preciso acordá-lo de três em três horas para mamar?

Quem decide a hora de mamar é a criança.
Dê o peito a ela sempre que quiser. Em geral, isso deve acontecer sete ou oito vezes ao dia, o que significa uma mamada a cada três horas.
Mas podem ser dez ou seis, e tudo bem! Não existe regra. Agora, se você tem um filhote muito dorminhoco, uma dica é aproveitar as trocas de fralda, que devem acontecer a cada quatro horas no máximo, para oferecer o peito.

Leia Mais

18

12. As visitas podem carregar o bebê?

Podem, mas nada de beijo.
Exija também que todos lavem as mãos. E gente espirrando nem deve passar perto do pequeno – o melhor é aparecer outro dia.
É que nessa fase as defesas das crianças, principalmente contra os famigerados vírus, ainda estão em desenvolvimento.
Outra coisa importante: não permita tumultos em casa ou a peregrinação de colos. Tanto você como o bebê precisam de tranquilidade. Aliás, as visitas devem permanecer na sala e não no quarto do bebê.
Se alguém insistir em vê-lo dormindo no berço, permita apenas uma pessoa por vez. A presença de muitas pessoas pode estressá-lo.





Leia Mais

19

Será que ele está com frio? Devo caprichar nos agasalhos?

11. Será que ele está com frio? Devo caprichar nos agasalhos?

O excesso de roupa pode causar até febre ou desidratação no bebê. Fique atenta a isso.
A sensação de frio do recém-nascido não é muita diferente da sua. Enrolá-lo em duas cobertas numa tarde quente de primavera seria uma decisão errada.
Se a temperatura for de 30 °C, pode deixá-lo com uma camiseta de manga curta e tecido fino.

Leia Mais

211

Posso passear com o recem-nascido ?


10. Posso sair pra passear com ele?

Sim, desde que siga algumas regras básicas. A primeira delas, muitas vezes esquecida, é colocar a criança sempre na cadeirinha própria para transporte em automóveis. Outra: fuja de locais fechados e aglomerações, mesmo que seja na casa dos avôs. Um simples resfriado pode ter consequências mais sérias em um recém-nascido. O frio e o vento também podem ser bastante nocivos para o bebê. Procure agasalhar principalmente a cabeça dele. Mas sem exageros. Calor demais faz mal.

Leia Mais

1098316_371942216268465_1502824903_n1

O bebê precisa arrotar toda vez que mama?

9. O bebê precisa arrotar toda vez que mama?
Ele não precisa necessariamente arrotar, mas o ritual do colo é fundamental e tem de ser repetido depois de cada mamada. Deixe a criança em posição vertical deitada de barriga sobre seu tórax e dê tapinhas muito sutis nas costas. Ela deve arrotar logo. Agora, se não ouvir a eructação (sim, esse é o nome) após 15 minutos, pode deitá-la sem medo. O arroto é importante porque o bebê engole ar enquanto suga o leite e precisa colocá-lo para fora. Caso contrário, vai ficar incomodado e até regurgitar.

Leia Mais